Portal TudoJunto

Esta modelo gastou R$ 200 mil para ter outra cor de pele

Alemã faz de tudo para aparecer, disse que agora é uma mulher negra.

29 de setembro de 2017
Por: Edson Filho

Você deve estar se perguntando, essa mulher não tem mais o que fazer?

 

Pois é, ela tem, disse que ainda existem algumas sutilezas e continuará a transformação, segundo reportagem no site do jornal Extra.

 

Ex-aeromoça, Martina Big, tem 28 anos e pagou por várias sessões de bronzeamento na pele por meio de injeções além de comprar uma mesa de bronzeamento artificial para conseguir alcançar o tom desejado. E podemos ver que a diferença é bem explícita.

 

📷 Martina Big antes da transformação de cor da pele | Extra

📷 Martina Big antes da transformação de cor da pele | Extra

 

Agora como modelo, diz que fez a sua primeira viagem a Los Angeles, nos Estados Unidos como uma mulher negra.

 

"A última vez em que eu visitei o letreiro tinha cabelo loiro e pele branca... E agora eu sou uma mulher negra com cabelo africano", explica.

 

📷 Martina, após sua transformação, visita Hollywood | Extra

📷 Martina, após sua transformação, visita Hollywood | Extra

 

Martina Big se entristece e questiona por que as pessoas a tratam tão mal nos comentários das redes sociais, se pergunta por que muitos criticam e não aceitam suas mudanças, ela só quis se tornar negra pois foi assim que ela sempre se sentiu por dentro.

 

Já posso ouvir os questionamentos: “E esses seios?” Bem, ela diz ter o maior par de seios da Europa.

 

📷 Martina Big tomando sol | Extra

📷 Martina Big tomando sol | Extra

 

Achou ousada? Autêntica? Comente logo abaixo sua opinião!

 

Você também pode contribuir com nossas edições, nos enviando correções ou até um conteúdo completamente novo, para saber mais é só clicar aqui.


Palavras-chave: CURIOSIDADES TECNOLOGIA HUMOR SOCIAL DIVERSIDADE


Fonte: Extra

 Contador de visitas desta publicação: 338 

Curta esta página ;)

Mencione o Portal TudoJunto!


Comentários:

Atenção: Os comentários são totalmente de responsabilidade de seus autores e podem não representar a nossa opinião! Caso queira comentar algo para nós no modo privado, prefira nossa página de Contato.


Continue navegando...