Portal TudoJunto

Tratamentos com preços mais elevados não são melhores, segundo estudo

Não tem relação direta o resultado do tratamento com o valor cobrado.

25 de setembro de 2017
Por: Edson Filho

Em pesquisa qualitativa veiculada no jornal JAMA Internal Medicine, dados mostram estatísticas interessantes quanto aos resultados dos tratamentos médicos. Foram examinados os registros de gastos 72.042 médicos em mais de três mil hospitais de tratamento intensivo. Estudo realizado com pacientes com mais de 65 anos de idade em tratamentos entre 2011 e 2014.

 

📷 Médico | UOL

📷 Médico | UOL

 

Os pesquisadores dizem que os gastos têm grande variação de médico para médico, giram em torno de 10,5% segundo dados coletados na ocasião. Eles também alertam que essa é uma porção significativa do todo, e constatam que não há associação direta entre os preços mais altos e a taxa de mortalidade em período de 30 dias, nem entre os gastos e os tratamentos com sucesso.

📷 Dinheiro | GIPHY

 

“Até quando você vai ao mesmo hospital, as contas são diferentes no final – muitas vezes até 40% mais altas – dependendo de quem for o responsável por seu tratamento”, afirma o responsável pelo estudo, Dr. Yusuke Tsugawa, pesquisador da Faculdade de Saúde Pública T.H. Chan, da Universidade de Harvard.

 

E Dr. Tsugawa afirma também que “o tratamento fornecido por médicos que geram gastos mais altos não é estatisticamente melhor”.

 

O que você achou dessa curiosidade? Concorda com esse resultado? Comenta aqui em baixo para a gente sua opinião!


Palavras-chave: PESQUISAS SAÚDE CURIOSIDADES DINHEIRO


Fonte: UOL


 Contador de visitas desta publicação: 157 

Curta esta página ;)

Mencione o Portal TudoJunto!

Comentários:

Atenção: Os comentários são totalmente de responsabilidade de seus autores e podem não representar a nossa opinião! Caso queira comentar algo para nós no modo privado, prefira nossa página de Contato.


Continue navegando...